Segunda-feira, 9 de Julho de 2007

Doenças

APENDICITE AGUDA  o que é?  http://www.policlin.com.br/drpoli/124/

Apendicite aguda é a inflamação do apêndice. O apêndice é uma estrutura vermiforme (em forma de verme) que sai da primeira porção do intestino grosso. Tem comprimento variável, em torno de 10 centímetros, e localiza-se na parte inferior do abdômen. O apêndice apresenta um canal em seu interior que se comunica com o intestino grosso, onde existem fezes semilíquidas. A apendicite é causada, habitualmente, por um pequeno bloco de fezes endurecidas (fecalito) que obstrui o apêndice.

A apendicite aguda é a causa mais freqüente de dor abdominal aguda sendo tratada cirurgicamente como emergência.

O que se sente?

A apendicite aguda, na sua forma típica, inicia com dor em torno do umbigo, acompanhada de náuseas e eventualmente vômitos. Horas depois, a dor localiza-se na parte inferior do abdômen, acompanhada por febre moderada e perda de apetite.

A apendicite pode restringir-se ao órgão inflamado ou pode provocar sua ruptura. Quando isso acontece as defesas do organismo costumam bloquear a infecção em torno do apêndice originando um abscesso. Quando o organismo não bloqueia a infecção, o conteúdo da mesma espalha-se pelo abdômen provocando um quadro grave de peritonite aguda. Nesta última circunstância haverá dor difusa intensa, febre alta e quadro tóxico grave, exigindo intervenção cirúrgica imediata.

Apendicite aguda é doença que predomina na faixa etária de 15 aos 50 anos, mas pode ocorrer na criança e no velho.

Os sintomas descritos ocorrem numa situação típica, a mais habitual, mas é freqüente que as manifestações da doença sejam bem diversas e que o diagnóstico possa se tornar difícil. Cabe sempre fazer diagnóstico diferencial, entre outros problemas, com cálculo urinário, outras doenças do intestino, cistos e infecção pélvica na mulher. 

      Para os que pensam que só acontece aos outros aqui está uma prova em contrário, não que eu pertença e esse grupo, mas esta foi a 1ª  vez em que me vi numa sala de cirugia para a extracção da apêndice e acreditem que o timing dessa remoção conta para a recuperação, pois quanto mais cedo melhor, se tiverem alguma vez estes sintomas não guardem para depois.

 

 F.Mart

sinto-me: A recuperar
publicado por netoscity às 17:44
link do post | Comenta... | Adiciona aos teus favoritos
|

.pesquisar

 

.Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30


.arquivos

. Abril 2011

. Julho 2010

. Maio 2010

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.posts recentes

. Doenças

.links

.Movimentos

 

 

Movimento QTBGPO

 

Personal Blogs - Blog Catalog Blog Directory Estou no Blog.com.pt BlogBlogs Add to Technorati Favorites

.subscrever feeds