Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2007

Circulação em Rotundas - Um conselho útil!

Depois de me aperceber da disparidade de formas como a circulação em rotundas foi ensinada nas escolas de condução, e como já estou farto de querer sair de uma rotunda e deparar com um ou mais labregos que não querendo sair na mesma saida, la teimam em se colocar a minha direita, aqui coloco a recomendação de DVG em relação á forma de circulação nas mesmas.

Espero que não seja novidade para ninguém!

 

Circulação em rotundas

Tendo em conta as disposições aplicáveis do Código da Estrada, na redacção que lhe foi conferida pelo Decreto-Lei nº 44/2005, de 23 de Fevereiro, constantes dos artºs 13º, nº 1; 14º, nºs 1 a 3; 15º, nº 1; 16º, nº 1; 21º; 25º; 31º, nº 1, c) e 43º e as definições referidas no artº 1º do mesmo Código, na circulação em rotundas os condutores devem adoptar o seguinte comportamento:

1- O condutor que pretende tomar a primeira saída da rotunda deve:

  • Ocupar, dentro da rotunda, a via da direita, sinalizando antecipadamente quando pretende sair.

2 - Se pretender tomar qualquer das outras saídas deve:

  • Ocupar, dentro da rotunda, a via de trânsito mais adequada em função da sída que vai utilizar;
  • Aproximar-se progressivamente da via da direita;
  • Fazer sinal para a direita depois de passar a saída imediatamente anterior à que pretende uilizar;
  • Mudar para a via de trânsito da direita antes da saída, sinalizando antecipadamente quando for sair.

Sinalização de manobras:

  • Todas as manobras que impliquem deslocação lateral do veículo decorrente da mudança de via de trânsito ou saída da rotunda devem ser previamente sinalizadas.

Espero que seja um conselho útil!

Abraços

Ass: Shorty

sinto-me:
música: OVO_ Track5-Não conselho
Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2007

Uma prima chamada Vera

Já cheira a Primavera…

O sol brilha, o céu está limpo e azul celeste e os pássaros cantam anunciando que a Primavera está a chegar. Sente-se uma brisa suave, parece que um tem cheiro diferente.

Aqui, no Alentejo, a Primavera é breve, mal se nota. É uma região de extremos, no que diz respeito a temperatura. Não existe aquela transição suave a que estava habituada. Aqui a temperatura é muito baixa nos meses frios e extremamente elevada nos meses quentes. Por isso, tenho de aproveitar da melhor forma estes dias…

Já me sabe bem levantar mais cedo, parar num café e tomar um “belo” café, na esplanada antes de ir para a escola…

Já agora, sabem porque é que o céu? RESPOSTA: O azul do céu não está relacionado com a cor própria das partículas que existem na atmosfera. A explicação é outra, embora se baseie numa diferença de comportamento face às radiações que compõem a luz solar. O céu é azul porque as radiações mais difundidas para a Terra são as de maior energia: azul e violeta. Não detectamos o violeta porque nos nossos olhos existem células fotossensíveis, cones, que são predominantemente sensíveis ao vermelho, azul e verde (cores primárias da óptica), assim, só temos percepção do azul.

Tenho dito!

Bom resto de semana…

 

sinto-me: bem
publicado por netoscity às 14:24
link do post | Comenta... | Adiciona aos teus favoritos
|
Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2007

Sinalética WC

 

Ao passar pela estação de serviço de Grândola, na A2, vi esta sinalética exterior para identificar os WC's.

O logo do WC masculino, se for o central, é, no mínimo, um pouco estranho.

O boneco parece que  está com um tique na perna esquerda (está com a perna alçada?!? ).

Quer isto dizer alguma coisa?

 

Edu

tags:
publicado por netoscity às 14:34
link do post | Comenta... | Adiciona aos teus favoritos
|
Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2007

Vejam-me só esta situação:

Quando temos a infelicidade de ficarmos desempregados, os nossos governantes incentivam-nos a criarmos o nosso próprio emprego através de alguns programas de Instituto Nacional do Emprego e outros. Dizem que há fundos da União Europeia para nos iniciarmos, basta apresentar um projecto.
 
Tudo isto não passa de tretas, e digo-vos porquê:
- se formos recém-licenciados ou se trabalhamos à poucos anos, com certeza que não temos o capital necessário para avançar com o dito projecto e criarmos uma empresa;
- se não tivermos dinheiro é muito difícil criarmos seja lá o que for;
- se formos pedir um crédito à Banca, dificilmente nos será concedido a não ser que tenhamos conhecidos no Banco e tenhamos um muito bom avalista (estes encontram-se por ai aos pontapés);
- para apresentarmos o dito projecto, temos de ter já empresa constituída, licenças, alvarás e tudo pronto a funcionar. Isto quer dizer que já ganhamos o euro milhões e que ultrapassamos as dificuldades financeiras, tendo sido possível pagar todos os custos de Finanças, Registo Comercial, Conservatória, etc., etc., etc.;
- só depois destes requisitos é que poderemos entregar o projecto para análise e que ao fim de três supostos meses nós darão uma resposta: Sim ou Não;
- se a resposta for não, não há fundos. Acabamos de criar a empresa e os fundos seriam essenciais para nos iniciarmos. O que acontece? Ou nos desenrascamos contando com a ajuda do euro milhões ou então desistimos;
- e durante a criação da empresa e da constituição do projecto, se quisermos obter alguma informação junto das entidades supostamente competentes, pois, como é claro, existem muitíssimas dúvidas, para obtermos qualquer informação o que acontece é que ou ninguém sabe de nada ou então temos que pagar!
 
Agora pergunto eu: tanta preocupação com OTAS e TGV’s, mas nenhuma preocupação com os problemas que assolam o nosso país, como a crise do desemprego!
Por isso pergunto, que País é este?
 
Fil
sinto-me: ...
publicado por netoscity às 16:39
link do post | Comenta... | Adiciona aos teus favoritos
|
Quarta-feira, 14 de Fevereiro de 2007

A culpa é do Chaparro

 

Uma das obras de arte espalhadas pela Vila de Odemira que mais salta à vista é este chaparro, ou sobreiro, árvore que está espalhada por todo este Alentejo.

Esta é uma obra que é constituídas por diversas ferramentas de trabalho, que todas juntas formam esta árvore.

Segundo o que consta, as ferramentas presentes na obra eram ferramentas dos trabalhadores da Câmara Municipal (pás, picaretas, ...). 

É, então, natural que as obras públicas demorem um pouco mais a terminarem (trabalhadores sem ferramentas...).

 

Edu

 

 

tags:
publicado por netoscity às 14:41
link do post | Comenta... | Adiciona aos teus favoritos
|
Domingo, 11 de Fevereiro de 2007

O sim ganhou. E agora?

Agora que o sim ganhou na questão da despenalização do aborto às 10 semanas colocasse-me uma primeira questão:
 
Estando agora todos focalizados nesta questão e sabendo nós que o nosso sistema de saúde tem uma média de 6 meses para efectuar operações que estão em lista de espera, pergunto-me eu como é que esse mesmo sistema de saúde terá resposta para dar às mulheres que quiserem exercer a sua vontade de abortar até às 10 semanas? Ou seja, será que este sistema de saúde terá tempo suficiente para fazer um diagnóstico, um acompanhamento, um aconselhamento e uma série de necessidades que dai advêm?
 
Acho que as expectativas das mulheres, infelizmente, sairão defraudadas.
 
Esperemos para ver.
 
Fil
sinto-me: expectante
tags: ,
Quarta-feira, 7 de Fevereiro de 2007

...

Olá pessoal!!
Tenho saudades de escorregar na neve… E vocês?!
Já têm planos para fim-de-semana antes do Carnaval? Que tal irmos todos passear para os lados da Serra da Estrela?! Pensem nisso…
Lili Eulálio
Terça-feira, 6 de Fevereiro de 2007

Bombardeamento...

 

O frio continua por cá, condições propícias para a gripe se desenvolver.

É nesta altura que as nossas defesas são colocadas à prova.

Pois... mas não há defesas que cheguem quando somos completamente bombardeados! Foi o que me aconteceu na passada quinta-feira.

 

Estive 90 minutos fechado numa sala com 22 miúdos que, enquanto iam resolvendo um teste, foram fazendo uma sinfonia de espirros , tosse, inspiramentos para conter a matéria dentro do nariz e assoadelas em lenços de papel que já pingavam de tanto ser usados. E esses 90 minutos tiveram as suas consequências.

 

 Costuma-se dizer, se não os consegues vencer, junta-te a eles, e foi o que fiz.

Os últimos dias o meu nariz não pára de pingar, os espirros são regulares, os ouvidos estão tapados, os olhos estão avermelhados, e a dor de cabeça também aparece para ajudar.

Hoje, finalmente, parece que os efeitos desse bombardeamento começam a dar sinais de ir embora, mas ainda ouço as pessoas com um pequeno eco e não dispenso os meus lenços de papel.

 

Ah... Acabei de espirrar. Não se aproximem muito do monitor.

 

Edu

tags:

.pesquisar

 

.Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30


.arquivos

. Abril 2011

. Julho 2010

. Maio 2010

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.posts recentes

. Via Sacra

. Festa à Divina Misericórd...

. Cartaz da Festa em honra ...

. Festas em Honra de Santa ...

. Tradição - Partida de 1 d...

. A Lagoa das Queridas

. Festas de S.Tomé

. Inauguração da Capela dos...

. It's time to say goodbye ...

. Preocupações ambientais

. O Santo da Internet

. 4 de Novembro de 2008

. O site da Carne

. O dia depois do Magalhães

. A proposito da crise fina...

. Mais uma...

. Erotismo para alertar men...

. Figueira da Foz na Catalu...

. S.Tomé 2008

. Nova Ponte dos Arcos

. Aumento repentino do pode...

. Falta um ano para irmos a...

. Bloqueio chegou ao fim...

. O Euro 2008

. Expo Artesanato

. O sinal de localidade!?

. Utentes

. Pôr do Sol na Figueira da...

. O Maestro arrumou as bota...

. Já lá vão três

.links

.Movimentos

 

 

Movimento QTBGPO

 

Personal Blogs - Blog Catalog Blog Directory Estou no Blog.com.pt BlogBlogs Add to Technorati Favorites

.subscrever feeds